A distribuição de serviços de telemedicina no portfólio de corretoras

O atendimento médico realizado através de tecnologias de comunicação, como videoconferência, chat ou telefone, se mostrou muito eficaz, principalmente, em momentos como o da pandemia de COVID-19. Considerando que esta prática vem se consolidando como uma das tendências de mercado, as corretoras de seguros têm percebido uma oportunidade de oferecer serviços de telemedicina como um novo produto no seu portfólio de serviços

A distribuição de serviços de telemedicina proporciona benefícios para a saúde dos segurados, já que permite um atendimento mais ágil e igualmente eficiente, evitando deslocamentos desnecessários e reduzindo as filas de espera nos hospitais e consultórios médicos. 

Neste contexto de maior aceitação dos serviços de atendimentos online, abordaremos aqui  como as corretoras de seguros podem distribuir serviços de telemedicina em seu portfólio de produtos, quais os desafios a serem enfrentados e os benefícios que essa estratégia traz para os segurados e para as próprias corretoras.

Como incorporar os serviços de telemedicina no portfólio de produtos?

serviços de telemedicina

Existem diversas formas das corretoras de seguros incluírem a telemedicina em seus portfólios de produtos. Algumas estratégias incluem:

 

  1. Telemedicina em vendas de planos de saúde: operadoras de seguro oferecem serviços de telemedicina como parte de seus planos de saúde, permitindo que os segurados utilizem a plataforma sempre que precisarem de atendimento médico à distância. No entanto, a disponibilidade dos serviços pode variar de acordo com o plano de saúde escolhido.  

 

  1. Parcerias com empresas de telemedicina: as corretoras podem firmar parcerias com empresas especializadas em serviços de telemedicina, oferecendo aos clientes que não têm um plano de saúde tradicional, a possibilidade de utilizar este serviço.

 

  1. Adição da telemedicina a outros tipos de seguro: para adicionar a telemedicina a outros pacotes de serviços, é necessário que a corretora de seguros faça parcerias com várias empresas, como seguradoras, operadoras de telemedicina e outras empresas que oferecem serviços de assistência. Essas empresas podem fornecer serviços de baixo valor econômico, mas que agregam muito valor para o cliente. A corretora pode, então, empacotar esses serviços e vendê-los para seus clientes. Ao trabalhar com um clube de seguros, a corretora pode precisar efetuar as cobranças aos clientes e, posteriormente, repassar os valores aos respectivos fornecedores.

Vantagens para o segurado e para a corretora

Oferecer a telemedicina como um novo produto adicional no portfólio de corretoras de seguros resulta em uma série de benefícios tanto para os corretores quanto para os segurados.

Para os corretores, a inclusão da telemedicina no portfólio traz maior visibilidade e competitividade no mercado, permitindo que a corretora se destaque, usando uma nova abordagem para captação de leads.  Além disso, a inclusão desse serviço pode aumentar a fidelização dos clientes, uma vez que eles terão acesso a um serviço imediato, que irá auxiliá-los em momentos de necessidade.

E, apesar da telemedicina já estar inserida em muitos planos de saúde, é importante ressaltar que nem todas as pessoas ou pequenas empresas conseguem ter acesso aos planos de saúde tradicionais, principalmente, por causa dos valores dos serviços. Nestes casos, os serviços de telemedicina são uma excelente alternativa para a captação destes novos clientes, que em momentos mais oportunos, poderão adquirir outros tipos de coberturas seguráveis ou um plano de saúde mais completo, que contemple hospitalizações e pronto-socorro, por exemplo. 

Por outro lado, para os segurados, a telemedicina proporciona a conveniência de receber prescrições eletrônicas e realizar uma consulta médica sem precisar sair de casa, o que pode ser muito útil em situações de emergência ou para pessoas com mobilidade reduzida. Outro benefício importante da telemedicina é o acesso a especialistas em qualquer lugar. Para pessoas que têm dificuldade em encontrar profissionais disponíveis em sua região, este serviço é imprescindível. 

Saiba quais outras áreas também podem oferecer serviços à distância

Com o avanço da tecnologia e a popularização dos serviços remotos, cada vez mais áreas do mercado de seguros estão se adaptando para oferecer soluções à distância. Isso ocorre porque muitos clientes estão buscando comodidade, rapidez e segurança em suas transações e interações com as empresas.

 

  • Consórcios: oferece serviços online para que os clientes acompanhem a evolução das cotas, participem de assembleias virtuais, realizem pagamentos e tirem dúvidas com os representantes da empresa.

 

  • Planos odontológicos: os planos odontológicos também podem oferecer serviços de teleodontologia, em que o paciente pode tirar dúvidas, relatar seus sintomas e enviar imagens para avaliação. Com base nessas informações, o dentista faz um diagnóstico preliminar e indica o tratamento mais adequado, que pode incluir prescrição de medicamentos, orientações de higiene bucal e até mesmo a realização de procedimentos presenciais.

 

  • Proteção financeira: a orientação para investimentos e análise de crédito online permite a simulação e contratação de outros serviços de forma rápida e prática. Nestes casos, o cliente acessa outros canais digitais com orientação da corretora, e escolhe, ele mesmo, o tipo de proteção ou investimento que deseja contratar.

 

Quais são os modelos de serviços de telemedicina disponíveis no mercado?

serviços de telemedicina

É importante destacar que cada empresa parceira trabalha de maneira diferente e oferece modelos distintos de negócio. Algumas operadoras como a TopMed atuam no modelo B2B, oferecendo a telemedicina como um benefício adicional para empresas que contratam seus serviços. Já outras empresas parceiras das operadoras de saúde trabalham também modelo B2C, onde a corretora de seguros atua somente como uma intermediária dos serviços. 

Também é possível encontrar empresas que trabalham tanto no modelo B2B quanto no B2C, oferecendo a telemedicina tanto para empresas quanto para consumidores finais. Cada modelo de negócio tem suas particularidades. Analise o que for mais vantajoso para o seu portfólio de negócios, dependendo do seu público-alvo e do tipo de serviço que deseja oferecer.

A distribuição de telemedicina como um novo produto no portfólio de corretoras de seguros envolve questões regulatórias e legais que devem ser consideradas para garantir a segurança e privacidade dos dados médicos dos pacientes. No Brasil, a telemedicina é regulamentada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). Entre as regras estabelecidas, está a exigência de que os médicos que realizam consultas por meio de telemedicina sigam as mesmas normas éticas e técnicas utilizadas em consultas presenciais. Além disso, as empresas que oferecem telemedicina precisam adotar medidas de segurança em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), adequadas para proteger as informações dos pacientes e garantir o total sigilo médico-paciente. 

Pacotes de serviços de telemedicina com diferentes níveis de cobertura

Nesse modelo de negócios, as empresas oferecem pacotes de serviços que incluem diferentes níveis de cobertura em telemedicina. Por exemplo, um pacote básico pode incluir consultas médicas online, enquanto um pacote mais avançado pode incluir suporte para diagnóstico à distância e acompanhamento de doenças crônicas. 

Os modelos de negócio podem variar, mas é fundamental traçar um planejamento estratégico que considere as necessidades e expectativas dos consumidores e os recursos disponíveis para implementação e manutenção do serviço. Integrar a telemedicina em portfólios de corretoras de seguros é uma estratégia interessante para agregar valor aos serviços oferecidos aos clientes e fortalecer a sua marca.

A Moltrio está à disposição para ajudar 

A Moltrio é uma empresa de tecnologia que oferece soluções inovadoras para corretoras de seguros, incluindo uma plataforma digital que permite a gestão de todas as etapas do funil de vendas, a automatização de processos manuais e a integração com outros serviços e produtos, o que pode ser especialmente útil para distribuição de produtos com tickets menores como é o caso da telemedicina como produto adicional. 

A Moltrio também se preocupa com a segurança e privacidade dos dados dos clientes e por isso conta com recursos de segurança que garantem a proteção dos dados de todos os segurados. Agende uma demonstração gratuita e invista em um software de CRM de vendas que prioriza as necessidades da sua corretora. Acompanhe também o nosso blog e veja aqui os principais eventos do setor do mês de março!

Conteúdos que você também pode gostar

O papel do corretor de seguros na era digital
15 de dezembro de 2022
A inserção da tecnologia no...
smiling-young-couple-shaking-hands-with-an-insuran-2021-08-26-19-59-57-utc
7 de julho de 2022
Para se tornar um corretor...
Desafios e oportunidades no setor de saúde suplementar
1 de julho de 2022
O setor de saúde suplementar...
Responsabilidades do corretor de seguros: descubra quais são
11 de junho de 2022
A carreira de corretor de...